quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Meus olhos

Parece que passou. Seu olhar já não é o sentido dos meus olhos abrirem ao enclarecer do dia. Já penso no meu futuro sem você. Penso em mim sozinha. Antes eu chorava só de pensar em um dia desistir disso tudo, que eu custei a conquistar. Hoje ja é normal pra mim. Acho que foi o tempo.
Dizem que o tempo e curador. Mais pra mim não foi só curador e sim um modo de não pensar em você. As vezes ainda me pego pensando em seus beijos. Mais eu paro, penso. Procuro lembrar de um defeito seu. Pra ver se pego odio em você. Não funciona. Parece o amor aumentar e ao mesmo tempo ficar mais fraco, mais transparente ao coração.
Confidencias que apenas paredes e uma tela do computador sabem. O quando o eu já chorei e sorri que hoje os dois atos já não são feitos com tanta frequencia.
E então estou aqui tentando convencer a mim mesmo que te esqueci, pra pode convenser outras pessoas. Acho que estou fazendo isso errado. Mais quando tempo isso ainda demorar? Meu panico está voltando. Preciso ter ou esquecer você. Ou um ou outro o quanto mais rapido possivel. Por que pra mim já está ficando insurportavel. Essa angustia, esse despreso da sua parte por mim. Vem e me diz o que você sente. Se já posso te esquecer ou ainda devo manter minhas esperanças.

"Será que devo enlouquecer ou devo apenas sorrir"
Eis a minha questão, que passar de ano preciso da sua colinha

Iara Almeida

4 comentários:

  1. ialá .. recebendo até elogio .. e eu nunca recebi --' hahaha .. ta foda !

    ResponderExcluir
  2. mererito merecido poxa ;P UHEUEHUEHUE caô

    ResponderExcluir