quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Falando em amor ...

DARIO LEONARDO CONCA -
Iniciou nas divisões de base do Tigre, da Argentina, com apenas 15 anos.
Depois, assinou seu primeiro contrato com o River Plate, onde atuou em apenas 3 jogos, quando foi contratado pela Universidad Católica do Chile, onde chamou atenção diante do Fluminense, na Sulamericana de 2005.
Após dois anos no Chile, voltou a seu país natal para jogar pelo Rosario Central por um ano. Em 2007, foi contratado pelo Vasco da Gama, onde teve boas atuações, durante 1 ano.
Quando seu contrato com o Vasco terminou, o FLUMINENSE o contratou, no início de 2008.
Conca sendo apresentado no Fluminense

Conca comemora seu primeiro gol pelo Flu, diante da Cabofriense

No Fluminense, Conca teve a oportunidade de novamente trabalhar com Renato Gaúcho (que foi seu treinador no Vasco). Formou um ótimo meio-campo com o craque Thiago Neves.

Em pouco tempo, conquistou a torcida tricolor com seu bom chute, ótima visão de jogo e habilidade para dar dribles curtos espetaculares, sendo um dos destaques na campanha do clube do vice-campeonato da Taça Libertadores da América de 2008.

Conca deixa sua marca contra o Atlético Nacional, em Medelin
Conca leva o Flu para a final da Libertadores, marcando contra o Boca Juniors
Com a saída de Thiago Neves para a Europa, Conca herdou a camisa 10 do craque, e assumiu a responsabilidade de ser o cérebro da equipe, sendo o principal jogador de criação do Fluminense no Campeonato Brasileiro de 2008.
Conca marca um de seus muitos gols diante do Flamengo

No final de 2008, quando se encerrava o seu empréstimo ao Fluminense, o River Plate aceitava apenas negociar o jogador em definitivo, mas o Fluminense não tinha dinheiro para comprá-lo. Numa demonstração de carinho e reconhecimento da torcida do Fluminense, foi lançada a campanha “Fica Conca, a torcida te compra!”, onde os torcedores tentaram arrecadar dinheiro para ajudar o Flu na compra do jogador, sendo notícia no mundo inteiro.
Em 2009, devido ao retorno de Thiago Neves, Conca ficou com a camisa 11 e não largou mais. No péssimo primeiro turno do Fluminense, Conca era intocável pela torcida, visto que lutava o jogo inteiro. Em várias ocasiões de empates e derrotas no Maracanã, Conca era aplaudido e tinha o nome gritado pela torcida. Foi o único jogador time titular do primeiro semestre que participou da arrancada que salvou o Flu do rebaixamento.
Conca, Fred e Cuca foram os maiores responsáveis pela arrancada
Conca comemora com Fred e Maicon a vitória contra o Atlético-PR na arrancada

Ao término do Brasileirão de 2009, foi eleito o craque da galera pela torcida através do site globoesporte.com, devido a brilhante campanha realizada no decorrer do ano como jogador do Fluminense.
Em 2010, já ídolo da torcida do Fluminense, Conca continuou tendo ótimas atuações no Campeonato Carioca...


...e atualmente no Brasileirão, sendo o capitão do Flu e comandando o time ao tão sonhado tri.
Mantendo a tradição, Conca marca novamente contra o rival Flamengo
Conca completa 150 jogos pelo Fluminense



2 comentários:

  1. TIMMMMMMMMMMMMMMMMMME DE MMMMMMMMMMMMMMMMERDA !!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. entao sou apaixonada por uma merda haha

    ResponderExcluir